“Angra, Berço do Liberalismo” é o mote para as Sanjoaninas 2018

Em conferência de imprensa realizada na manhã de hoje, 18 de janeiro, foi apresentado o tema e o cartaz para a edição de 2018 das maiores festas dos Açores - as Sanjoaninas - sob o mote «Angra, Berço do Liberalismo».

Na apresentação realizada pelo Vice-Presidente da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, que este ano assume a organização das festividades, José Gaspar Lima frisou que a edição de 2018 pretende celebrar a revolta de 22 de junho de 1828, que decorreu na cidade de Angra, e que culminou com a vitória liberal sobre os absolutistas.

«Na noite de 22 de junho de 1828, reagindo à aclamação de D. Miguel, o Batalhão de Caçadores n.º 5, sob o comando de José Quintino Dias, prendeu o governador do castelo, Teófilo Rogério de Almeida, e o capitão-general, Manuel Vieira de Albuquerque Touvar, protegido no Palácio dos Capitães-Generais. De seguida, recorrendo ao alvará de 12 de dezembro de 1770, foi constituído o governo interino, tornando a Terceira o único reduto onde o ideal liberal existia. Menos de um ano depois, a vitória liberalista na batalha de 11 de agosto de 1829, consolidaria essa condição, preparando o caminho para o Desembarque do Mindelo, que permitiu às forças liberais apanhar de surpresa o exército miguelista que haveria de as submeter ao prolongado Cerco do Porto. D. Miguel acabou por capitular em 1834, abrindo caminho à implantação definitiva do liberalismo em Portugal.»

José Gaspar Lima, referiu que «a importância de celebrar esta data, que no passado foi feriado municipal lembrando o período Liberal, tem por objetivo reforçar às novas gerações que não se esqueçam da importância do concelho na iniciação da primeira manifestação a favor do Liberalismo.”

Para o Vice-Presidente, após assumir na totalidade a realização das Sanjoaninas a partir de 2015, o Município conseguiu consolidar o modelo, aumentando a participação popular nas festas, bem como o incremento do número de visitantes. «Neste momento as Sanjoaninas são as maiores festividades realizadas na Região Autónoma dos Açores, rivalizando com as grandes festividades que ocorrem no continente português. Temos obtido informação de que os números estatísticos dizem-nos que durante os dez dias de festa todos os alojamentos disponíveis na Ilha Terceira estão esgotados», defendeu.

O autarca aproveitou o momento para agradecer todo o apoio prestado no passado pelos voluntários, bem como a um conjunto de entidades que têm apoiado a realização das festas ,como a Polícia de Segurança Pública, Guarda Nacional Republicana, Autoridade Marítima, Regimento Guarnição n.º 1, Cruz Vermelha Portuguesa, Associação de Bombeiros de Angra do Heroísmo e da Praia da Vitória, entre outras que durante aqueles dez dias garantem um apoio fundamental à segurança e à logística das festas.

Em relação ao cartaz das festividades, da autoria de Rúben Quadros Ramos, ilustra o amanhecer na cidade, na sequência da noite de 22 de junho de 1828, mantendo a estética e identidade gráfica que tem sido desenvolvida nos últimos anos, e que representa a cidade de forma inequívoca. De acordo com o designer de comunicação «casas coloridas, janelas de vidros miúdos, varandas de ferro fundido, telhas de barro, entre outros detalhes, fazem de Angra uma urbe única».

Continuou, salientando que «tal como a lua, o liberalismo crescia e iluminava o céu e as casas das mentes mais despertas. No topo [do cartaz], está a Fortaleza de São João Baptista, de onde partiu o Batalhão de Caçadores n.º 5, que corajosamente deu início à revolta, prendendo o governador do castelo. Abaixo, entre as calçadas e os edifícios da cidade, surge o Palácio dos Capitães-Generais, onde os militares ergueram as suas espadas por D. Pedro IV e prenderam o capitão-general. Mais do que dar forma e cor às Sanjoaninas 2018, este cartaz demonstra como Angra é uma fonte de inspiração para celebrar os costumes, os valores e a vida humana», concluiu.

A edição de 2018 das festas Sanjoaninas irá decorrer de 22 de junho a 1 de julho.

Galeria fotográfica:

Download:

Deixe o seu comentário:

Contactos

  • Telefone +351 295 401 700
  • Email angra@cmah.pt

Morada: Praça Velha 9701-857 Angra do Heroísmo

Horário: De segunda a sexta-feira das 8h30 às 16h30, Tesouraria e Serviços de Atendimento ao Público das 8h30 às 16h00

  • Telefone 295 401 700
  • Email angra@cmah.pt

Morada: Praça Velha 9701-857 Angra do Heroísmo

  • Telefone 295 204 850
  • Email smah@cmah.pt

Morada: Rua do Barcelos, n.º 4 9700-026 Angra do Heroísmo

Horário: De segunda a sexta-feira das 8h00 às 16h30 - Serviços de Atendimento ao Público

  • Telefone +351 295 401 700
  • Email cultura@cmah.pt

Morada: Canada Nova de Santa Luzia, S/N 9700-130 Angra do Heroísmo

Horário: De segunda a sexta-feira das 9h00 às 17h00

  • Telefone +351 295 401 700
  • Email desporto@cmah.pt

Morada: Rua Gonçalo Velho Cabral 9700-200 Angra do Heroísmo

  • Telefone +351 295 401 700

Morada: Rua Tomé Belo de Castro 9700-200 Angra do Heroísmo

Horário: De domingo a quinta-feira das 13h00 às 24h00 sextas e sábados das 13h00 à 1h00

  • Telefone 295 212 437

Morada: Tomé Belo de Castro 9700-200 Angra do Heroísmo

  • Telefone 295 212 025

Morada: Tomé Belo de Castro 9700-200 Angra do Heroísmo

  • Telefone +351 295 401 700

Morada: Rua da Esperança 9700 Angra do Heroísmo

  • Telefone +351 295 401 700

Morada: Rua do Rego, Rua do Mercado e Rua da Esperança 9700 Angra do Heroísmo

Horário: De segunda a sexta-feira das 7h00 às 16h00 aos sábados das 7h00 às 14h00

Morada: Rua Direita 9700 Angra do Heroísmo

Horário: janeiro, fevereiro, março, novembro e dezembro das 8h00 às 18 h00; abril e outubro das 8h00 às 20h00; maio e setembro das 8h00 às 22h00; junho, julho e agosto das 8h00 às 24h00

Morada: Largo da Boa Nova 9700 Angra do Heroísmo

Morada: Rua Padre Jerónimo Emiliano de Andrade 9700-140 Angra do Heroísmo

Horário: janeiro, fevereiro, março, abril, outubro, novembro e dezembro das 8h00 às 18h00; maio, junho, julho, agosto e setembro das 8h00 às 20h00

  • Telefone 295 907 087

Morada: Canada do Porto, Cinco Ribeiras 9700 Angra do Heroísmo

  • Telefone +351 295 905 451

Morada: Caminho da Salga, São Sebastião 9700 Angra do Heroísmo

Morada: Rua Direita 9700 Angra do Heroísmo

Horário: janeiro, fevereiro, março, novembro e dezembro das 8h00 às 18h00; abril e outubro das 8h00 às 20h00; maio e setembro das 8h00 às 22h00; junho, julho e agosto das 8h00 às 24h00

Morada:

Horário: De segunda a sexta-feira das 8h00 às 18h00

Morada: Rua de Santo António dos Capuchos 9700 Angra do Heroísmo

Horário: De segunda a sábado das 9h00 às 17h00; domingos eferiados das 9h00 às 13h00

Morada: Avenida Conde Sieuve de Meneses 9700 Angra do Heroísmo

Horário: De segunda a sábado das 9h00 às 17h00; domingos e feriados das 9h00 às 13h00

  • Telefone +351 295 401 700
  • Email assembleia.municipal@cmah.pt

Morada: Praça Velha s/n 9701 - 857 Angra do Heroísmo

Morada: Aterro Sanitário Intermunicipal da Ilha Terceira Biscoito da Achada 9700-135 Ribeirinha

Morada: Biscoito da Achada, freguesia da Ribeirinha 9700 - Angra do Heroísmo

Horário: De segunda à sexta das 08h00 às 18h00 e aos sábados das 09h00 às 12h00.